READ
As Transições do Pincel de Sofia Arez
Marco Carvalho, 2016

“Transient” é a expressão inglesa para transitório, efémero, algo que não dura muito tempo. É também o título da mais recente exposição da pintora Sofia Arez, uma mostra que abre na próxima quinta-feira na galeria Creative Macau, no complexo do Centro Cultural de Macau (CCM). Quem quiser ver, tem apenas um mês para o fazer, uma vez que a exposição, como tudo na vida, também é transitória. Termina no dia 23 de Julho.

São quatro telas de grande dimensão e mais 20 desenhos em papel, pintados a acrílico e com inscrições em português: “Procurei retratar nesta série aquele momento ao fim do dia em que a luz se começa a desvanecer, esse abrandamento do ritmo do entardecer, quando nos entregamos ao abandono, em que nos deixamos ir”, explica a artista, em conversa com o PONTO FINAL.

Apesar de separadas fisicamente, as quatro grandes telas funcionam como um conjunto de leitura contínua. O tempo acaba por ser uma dimensão captada na obra de Sofia Arez, que explora a forma como uma imagem é influenciada
pela que a precedeu.

Full Text